quinta-feira, 7 de abril de 2011

Moda-à-porter

Ao contrário do que pensam muitos críticos a respeito da moda, ela não está ligada apenas a questão da futilidade e da superficialidade. A moda não se trata apenas de vestir uma roupa do momento, ela acompanha o vestuário e o tempo integrada a um contexto histórico, político e social.


Observe a forma com que as pessoas se vestiam nos anos 50 e depois nos 70, as mudanças é que fazem a moda, ela é um reflexo da sociedade. a moda surgiu como conceito no finl da Idade Média, foi uma forma com que os burgueses encontraram de copiar a forma de se vestir e de se portar da nobreza. A nobreza, por sua vez, insatisfeita de se parecer com as classes mais populares criaram um tipo de código interno que consistia em mudar o modo de se vestir constantemente para evitar que fossem copiadas. Durante esse período, também foram criadas as regras de etiqueta, com o objetivo de diferenciar as origens. Com o tempo, a nobreza caiu, os burgueses tornaram-se os donos do mundo, e a moda "pegou".

A moda trabalha com valores como a auto-estima, criatividade, estética, padrões de beleza, inovações tecnológicas (como os tecidos inteligentes), moda de rua, imagem e talento.

O vídeo abaixo ilustra um pouco o mundo da moda:




video




Leia também:


Costureira, uma profissão, uma habilidade


Muito além de um pretinho básico


Estilo Michelle Obama


Street moda


Curso de moda